Laranjeiras é um bairro da Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, no Brasil.

História
É impossível falar sobre a fundação do Rio sem mencionar Laranjeiras. Um dos bairros mais antigos da cidade, com ocupação iniciada no século XVII, se desenvolveu às margens do Rio Carioca, quando terras da região foram doadas em sesmaria aos membros da família paulista do patriarca Cristóvão Monteiro.

Na parte mais baixa do vale do Rio Carioca, havia grandes números de laranjeiras, o que originou o atual nome do bairro.

No século XIX, surgiram na região chácaras luxuosas ocupadas por fidalgos, homens ricos e movidas a trabalho escravo. A presença da Princesa Isabel no palacete da Rua Guanabara, atual Rua Pinheiro Machado, contribuiu para o seu crescimento. O principal caminho de acesso ao palacete imperial, era a Rua Paissandu, que foi ornamentada a mando da princesa com palmeiras-imperiais existentes até os dias de hoje.

Em 1880, a região sofreu grande transformação com a implantação da Companhia de Fiações e Tecidos Aliança, instalada na Rua General Glicério, fazendo surgir os primeiros comerciantes.

A fábrica funcionou até 1938, trazendo ao bairro as primeiras vilas operárias. Os bondes elétricos, criados pela Companhia Jardim Botânico, iam até ao local conhecido como a Bica da Rainha, no Cosme Velho.

O bairro de Laranjeiras abrigou durante muito tempo, construções muito importantes para a história da cidade e do país, como o Palácio Guanabara e o Palácio Laranjeiras. Além de ter sido a sede de inúmeras embaixadas, no período em que o Rio foi capital federal do Brasil.

Tipicamente residencial, de classe média e classe alta, o bairro é relativamente extenso e diverso no ponto de vista geográfico, tem a Rua das Laranjeiras como a sua principal via, a qual começa no Largo do Machado e termina nas imediações do Túnel Rebouças, já com outro nome: Rua Cosme Velho.

Estão situados em Laranjeiras o Palácio Guanabara, sede do governo do Estado do RJ, o Palácio Laranjeiras, residência oficial do Governador do Estado do RJ, o Parque Guinle, o Fluminense Football Club ,a sede da IV Região Administrativa da Prefeitura do Rio, a sede do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, o BOPE, e a Sede Administrativa na cidade da Força Nacional de Segurança.

Estatísticas
Área:
– Total 249,35 ha (em 2003)
População:
– Total 45 554 (em 2 010)
– IDH 0,957 (em 2000)
Domicílios: 20 268 (em 2010)

Localização
O bairro fica entre as zonas norte e sul, fazendo limite com os seguintes bairros:
Cosme Velho
Santa Teresa
Catete
Flamengo
Botafogo
Catumbi (através do Túnel Santa Bárbara)
Rio Comprido (através do Túnel da Rua Alice)

As principais ruas são:
Rua das Laranjeiras
Rua Cardoso Júnior
Rua Conde de Baependi
Rua Pinheiro Machado
Rua General Glicério
Rua Pereira da Silva
Rua Alice
Rua Ipiranga
Rua Soares Cabral
Rua Álvaro Chaves
Rua Paissandu
Rua Pereira da Silva
Rua Almirante Benjamin Sodré
Rua Moura Brasil

Moradores célebres
Lima Barreto, escritor
Cartola, compositor
Gisele Fróes, atriz
Mel Lisboa, atriz
Oscar Niemeyer, arquiteto
Dante Milano, escritor, poeta
Paulo Gracindo, ator
Heráclito Fontoura Sobral Pinto, advogado e defensor dos direitos humanos
José Gomes Pinheiro Machado, senador, líder republicano dos primeiros anos da República
Gilberto Amado, jurista, diplomata e escritor
Raymundo Faoro, advogado, jurista, escritor, membro da Academia Brasileira de Letras
Augusto Teixeira de Freitas, jurista.
Cândido Portinari, pintor
Marques Rebelo, romancista-escritor
Marcos Carneiro de Mendonça, escritor, historiador
Oswaldo Aranha, líder político, advogado, diplomata
Octávio Tarquínio de Sousa, escritor, historiador, ministro do Tribunal de Contas da União
Leandro Tocantins, historiador, escritor
Hélio Tornaghi, jurista, professor de direito
Cyro Silva, escritor, historiador, advogado
Cássia Eller, cantora
Alberto da Costa e Silva, poeta, historiador, membro da Academia Brasileira de Letras
Carlos Colla, músico, poeta e compositor
Machado de Assis, escritor


Fonte: Agência O Globo / Rodrigo Bertolucci / Nireu Cavalcanti / Wikipedia