Reabertura do Mercado São José ainda está longe de ser realizada

Ainda no mês de maio, o governador Wilson Witzel prometeu, em reunião com representantes da Associação de Moradores e Amigos de Laranjeiras-AMAL, que reabriria o Mercado São José em até dois meses, no entanto a reabertura do local parece ainda longe de ser realizada.

Fechado desde setembro de 2018, por conta de uma decisão judicial, O imóvel onde ficava hospedado o mercado pertence ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que, na ocasião da retirada dos antigos lojistas, prometeu fazer um leilão do espaço. O órgão havia impetrado, no mesmo período, uma ação na Justiça Federal , na qual reclamava pendências relativas a aluguéis atrasados.

Ainda no ano passado, o então presidente Michel Temer assinou uma medida provisória que abriu caminho para a transferência da propriedade do prédio para a Secretaria de Patrimônio da União e, posteriormente, para a Secretaria Especial de Cultura, o que facilitaria o processo de reabertura.

A partir da promessa do governador, a Secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa (Secec) informou que entraria em contato com o INSS para solicitar o repasse do imóvel novamente à secretaria, baseado no acordo que já havia sido costurado anteriormente. No entanto, ainda não há qualquer previsão de concretização do acordo.

Fonte: O Globo / Luciano Ferreira

In this article